Home » Sem categoria » 18 kilates

Não basta ser apenas dourada. Não basta estar no pescoço de um funkeiro famoso ou de alguém possa ostentar um bem tão valioso quanto esse. Muito menos ser de uma qualidade baixa. Colar de ouro que se preze tem que ter qualidade. E altíssima qualidade, diga-se de passagem. Um bom cordão contém ingredientes do melhor quilate.

18kilates     Mas qual é o melhor quilate para uma peça? Ao contrário do que acontece com os diamantes, o quilate no ouro mede a pureza do metal, e não seu peso. Os mais conhecidos são os de 14, 18 e 24. Uma peça de 24k é produzida apenas com ouro; a de 18k é feita com 18 partes do metal e seis de ligas metálicas e a de 14 contém 10 em cada 24 partes feitas com outro metal. Logo, não seria surpresa se víssemos rappers e funkeiros com correntes de 24k no pescoço, correto?

Errado. As joias em 24k são bastante raras não por sua pureza mas pelo seu aspecto frágil. Por serem composta apenas de ouro, são dobráveis e muito quebradiças. Por isso que a grande maioria das joias não chega a esse nível (na China até chega e na Índia as peças tem a média de 22k). No Brasil, as joalherias mais finas apostam em joias de 18k para suas melhores composições.

Isso porque ela contém outros metais na sua mistura, entre eles o níquel, zinco e cobre. Com isso a peça ganha corpo e resistência, tornando-se a mítica peça de ouro que conhecemos atualmente. Para peças de qualidade inferior, usam-se o ouro mais misturado, a 14k.

Mas são mesmo as de 18k que grande parte das pessoas costuma usar. Os Mc’s paulistas e cariocas possuem uma coleção delas, copiando a tendência que veio dos EUA nos anos 80. Na hora de escolher a sua na joalheira de sua confiança, leve em conta esses detalhes de pureza e boas compras.

Deixe seu comentário ou pergunta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar as tags e atributos em HTML